Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 12 de Dezembro de 2017
0
Publicado em 17/04/17, às 09:49

Bate bola – Sergio Luiz

A foto é do time do Monte Castelo F.C., tirada em 1980.

Screenshot_1

Em pé, da esquerda para a direita: Gunga, Nelson, Caramelo, Zé Mauro, Pê e Nem Garrote. Agachados: Denildo, Nilson, Marcelo, Zé do Açougue, Loca e Marmita.

Catando cacos

Na vida temos que tirar proveito de tudo, até mesmo das coisas ruins. Isso serve para a diretoria do Voltaço, que reconhece que o time não foi bem no Carioca deste ano e está ciente que precisa reforçar o elenco para a disputa da série C, com estreia marcada para o dia 14 de maio, contra o Macaé, no Raulino de Oliveira.

Só que o mercado está inflacionado e o clube terá que abrir o cofre se quiser montar um time competitivo, com até 35 jogadores, sendo cinco deles com idade máxima de 23 anos. A propósito, os reforços contratados durante a competição só poderão ser inscritos até a 10ª rodada e a lista não poderá ser alterada, a não ser em caso comprovado de contusão do goleiro.

Para reforçar o elenco, a diretoria tem feito contato com alguns atletas que defenderam o clube. Outros poderão chegar, como sempre, pelas mãos de empresários. Se isso for inevitável, que façam as parcerias, mas que o Voltaço imponha as suas regras. Afinal, o espaço na vitrine é do tricolor de aço. Tem mais. Que só aceite jogadores em condições de chegar e jogar, sem essa de fazer experiências, o que, aliás, aconteceu durante o Estadual.

Enfim, o torcedor espera ansiosamente por novos e bons reforços para voltar a acreditar e prestigiar a equipe rumo à série B do Brasileirão em 2018. Quem viver verá!

 

Reforços

Dija Baiano e Marcos Júnior (que estão disputando o campeonato Potiguar); Thiago Amaral (na reserva do Boavista); e Bruno Barra (querendo sair do Atlético de Goiás) poderão ser contratados.

 

Renovação

O atacante Luã Lúcio, 19, teve o seu contrato prorrogado com o Voltaço por mais dois anos. O jogador, recém-promovido ao time profissional, foi uma das revelações do Carioca.

 

Juniores

O time sub-20 do Volta Redonda não depende somente de si para disputar o segundo turno do Estadual da categoria. Para que isso aconteça, terá que ganhar do Macaé hoje, sábado, às 15 horas, no CT do Aéro Clube de Oliveira, e ficar torcendo para que o Vasco ganhe do Campos, em São Januário. 

 

Barra Mansa

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara de Barra Mansa, presidida pelo vereador Luiz Antônio Cardoso, alegou a inconstitucionalidade do Projeto de Lei que destinaria uma verba mensal para o Barra Mansa. O autor do PL, Wellington Pires, até alegou que a Lei seria apenas autorizativa e que caberia ao prefeito Rodrigo Drable acatá-la ou não. Como o vereador Beleza pediu vistas do processo, a votação foi adiada. Já vi esse filme no Voltaço.

 

Promoção

O Leão fará o lançamento hoje, sábado, 15, com uma carreata pelas ruas da cidade, da nova camisa para a temporada de 2017. A promoção inclui o sorteio, no dia 14 de junho, durante o jogo contra o Audax, de um carro 0 km e três bicicletas, para aqueles que comprarem a camisa.

 

Master 60

A semifinal do torneio de Master 60 da LDVR está marcada para o próximo sábado, 22, no campo do Asa Negra, com os seguintes jogos: às 8 horas, Asa Negra x FEA – Futebol entre amigos; e, às 9h30min, Galera x Centenário. Os vencedores farão a final do campeonato.

 

História

Eduardo Araújo, ex-jogador do Voltaço, conta que quando jogava no Espírito Santo, os jogadores do time se reuniram para falar da renovação de seus contratos. E concluíram que todos deveriam pedir, no mínimo, R$ 1 mil de salário. No dia marcado, o presidente do clube foi recebendo os jogadores e chegou a vez de Gabiroba. Nosso “craque” entrou e disparou: “Ô presidente, eu quero R$ 1 mil e não aceito menos”. O mandachuva retrucou: “Mas Gabiroba, eu só posso pagar dez salários mínimos”, disse, referindo-se ao salário da época de R$ 160,00. Ou seja, pagaria R$ 1.600,00. Nosso herói estava irredutível: “Se não pagar R$ 1 mil, vou embora”. O presidente, gozador, aceitou: “Tá bem Gabiroba, assina aqui”.

Todo satisfeito, Gabiroba assinou e saiu da sala, rindo de orelha a orelha. Quando seus companheiros perguntaram o motivo, ele contou: “Olha, não abri mão e assinei por R$ 1 mil”. Os gozadores de plantão logo pegaram no pé do ingênuo atleta: “Pô, cara, nós assinamos por dez salários”. O jogador: “Mas quanto dá isso?”. Quando a moçada disse que era R$ 1.600,00, Gabiroba levou um susto e tentou voltar ao gabinete. Era tarde demais. O contrato estava assinado e, portanto, não tinha volta. Eita orelha seca! É mole?

 

Bola fora

Para a arbitragem do futebol carioca, que continua dando um show de incompetência. O erro do auxiliar no segundo gol do Botafogo, no jogo contra o Fluminense, foi imperdoável.  Cinco jogadores alvinegros estavam impedidos e o ceguinho do bandeirinha não viu nada. Lamentável!

 

 

Bola dentro

Para os jogos Juventos x Barcelona e Real Madrid x Atlético  Madrid que foi Juventus 3 x 0 Barcelona, pela Liga dos Campeões. Foi um colírio para os olhos de quem gosta de ver um bom futebol. Resta saber se o time de Neymar vai reverter o placar em casa, como fez com o Paris Saint Germain, quando perdeu a primeira por 4 a 0 e virou para 6 a 1. Valeu!

 

 

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.