Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Sábado, 14 de Dezembro de 2019
0
Publicado em 11/11/19, às 12:27

Bate-Bola Sergio Luiz

Varandão da saudade

Este é o time da A. C. Esportiva do Jardim Paraíba. A foto é de 15/02/1961 e pertence ao acervo do Renato do DAL, da CSN.

Em pé da esquerda para a direita: Antônio Francisco, Demócrates, Aécio de Freitas e Mário Dias (diretores), Jacó, Renato, Pinheiro, Jaiminho, Sergio, Edmar, Ênio (técnico), Antônio Gustavo e Valentim. Agachados: Neném, Jorginho, Otoniel, Ronaldo, Orlando, Edinho e Hélio Bigode

Voltaço vai encarar Copa do Brasil

Conforme adiantamos, o Voltaço vai mesmo disputar a Copa do Brasil de 2020. Isso graças ao Flamengo, que já conquistou vaga na Libertadores do ano que vem, abrindo vaga para o quinto clube colocado no Carioca deste ano, o Volta Redonda. Ou seja, apesar do fiasco em campo, e graças ao mengão, o tricolor de aço poderá esquecer o passado e disputar o torneio ao lado dos melhores do Brasil.
Será a sétima vez que o tricolor de aço vai disputar a Copa do Brasil. A primeira foi em 1995 e a sua melhor campanha foi em 2006, quando eliminou o América-MG, Atlético-PR e o XV de Novembro, chegando às quartas de final, quando foi eliminado pelo Vasco por 2 a 1. Aliás, na época o Voltaço tinha um timaço: Adriano, Marcinho, André, Ailson e Rodrigo Ítalo; Léo (Renatinho), Elson (Marcinho), Cadu e Amaral; Ratinho (Preto) e Túlio. O técnico era Dário Lourenço. Bons tempos aqueles!

Imoral
A diretoria do Voltaço anunciou que fez um seguro de vida para os garotos da base do Voltaço para cumprir as exigências para obter o Certificado de Clube Formador. Até aí, tudo bem. A escolhida foi a Barra Bella Corretora de Seguros, de Barra do Piraí, de propriedade de Danilo Dinelli, por coincidência, irmão de Leonardo Dinelli, o Zada, gerente de futebol do clube. Nada contra a corretora, que, por sinal, é bem conceituada em BP. Pode ser legal, mas que é imoral, isso é. Concordas?

Estatuto
Na quinta, 7, foi realizada uma Assembleia Geral Extraordinária convocada pelo presidente do Conselho Deliberativo do Volta Redonda. Na pauta, a aprovação das alterações e inserções de artigos no estatuto do clube para atender às novas normas determinadas pelo governo para quem pretende usufruir de projetos de leis de incentivos e afins. Por exemplo: a obtenção do Certificado de Clube Formador. Na próxima edição eu conto o que rolou por lá.

História
Meu amigo e guru Oscar Nora, da Rádio Sul Fluminense, um dos maiores profissionais do rádio que conheço, é um campeão em esquecer nomes. Certa vez, transmitíamos um Flamengo e Vasco, no Maracanã. Intervalo de jogo, Nora se preparou para acionar os comentários do grande Adauto Mendes de Oliveira e disparou com toda sua categoria: “E agora, chegando à rádio para contar o que foi esse primeiro tempo ele”, e olhando para o Adauto, continuou: “que não é o Sergio Luiz; que não é o Walter Sales; que também não é o Luiz Fernando”. Foi quando Adauto lembrou pra ele, falando baixinho no seu ouvido: “sou o Adauto”. Nosso esquecido herói não perdeu a pose: “Agora sim, chegando com sua caixinha de maribondos enfurecidos” e, apontando o dedo, detonou: “ele, o comentarista da palavra fácil, Adauto Alves”. Toda a equipe caiu na gargalhada. Explico: primeiro, o comentarista da ‘palavra fácil’ era o famoso Luiz Mendes. O slogan do Adauto Mendes era “o da palavra franca”. Tem mais. Adauto Alves tinha falecido meses antes. Foi difícil comentar. É mole?

Decisão
Santa Rita e Talento Jovem decidirão amanhã, domingo, 10, às 10 horas, no Raulino de Oliveira, o título de campeão de futebol amador da cidade do aço, que é promovido pela LDVR – Liga de Desportos de Volta Redonda. O Santa Rita eliminou o Santos nos pênaltis, por 4 a 3, sendo que no tempo normal houve empate em 3 a 3. Já o Talento Jovem venceu o Aston Vila por 3 a 1.

Encontro
Será no dia 7 de dezembro, sábado, no campo da S.E. Retiro, o encontro de boleiros de Volta Redonda. Ex-jogadores, desportistas e imprensa estarão presentes. Os da turma de 60 anos vão jogar às 8 horas; a de 50 uma hora depois, às 9 horas. Você, que tem um passado esportivo, está convidado. Leve um quilo de alimento não perecível, uma doação opcional. Uma bela festa para matar a saudade.

Bola fora
Para Vasco, Botafogo e Fluminense, que andam decepcionando seus torcedores, que passaram a viver assustados com o fantasma do rebaixamento. Só o Flamengo é que anda salvando o futebol carioca. Haja coração!

Bola dentro
Para o time do Flamengo, que continua sobrando. Lidera o brasileiro com folga e só perde o título se quiser. Sem falar nas chances que tem de ganhar também a Libertadores, em Lima (Peru), no dia 23. Dá gosto ver o rubro-negro jogar. E a torcida joga junto, lotando os estádios. Grande fase!

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.