Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Segunda-Feira, 16 de Setembro de 2019
0
Publicado em 19/08/19, às 09:09

Bate-Bola Sergio Luiz

A foto é do Novo Mundo, feita em setembro de 1999, quando o time derrotou o Rodoviário por 3 a 1. Pertence ao acervo do Lau. Colaborou Dário Novaes.

Em pé da esquerda para a direita: Idval, Chumbão, Alexandre, Vadinho Cachorrada, Lau, Paulo, Beto, Taíde e Adir. Agachados: Marmita, Salvador, Delair (Cabeça), Almir, Dinho, Curi e Zezinho.

É tudo ou nada

O jogo de segunda, 19, às 20 horas, contra o Juventude, do Rio Grande do Sul, no Raulino de Oliveira é tudo ou nada para o Volta Redonda. Se vencer, no Raulino de Oliveira dará um grande passo para disputar as quartas de final da série C, quando oito clubes vão brigar por quatro vagas para a série B de 2020. Mas, se perder vai ter que se contentar em não cair e terá que amargar a chance perdida de estar com o boi na sombra se tivesse vencido o Remo, na sexta, 9, em casa, quando não passou de um empate em zero a zero. Só para resumir tudo: foi um dos piores espetáculos que já vi no Raulino de Oliveira.
A propósito, a série C está nivelada por baixo. Clubes de maiores expressões, como Remo, Paysandu e Santa Cruz, entre outros, brigam desesperados por uma das vagas, assim como o Voltaço, com campanhas irregulares. Quanto ao Voltaço, tenho que admitir que o time atual, já foi até longe demais. É limitado e o técnico Toninho Andrade tem tirado leite de pedra, utilizando estratégias para motivar o elenco. Entretanto, o gargalo está apertando e por isso o jogo de segunda-feira será uma decisão. Será matar ou morrer. Quem viver verá

Barca
Antes do inicio do segundo turno, o Barra Mansa já enfrentou a sua primeira crise. Sete jogadores foram dispensados e o gerente de futebol, Sérgio Saroba, deixou o cargo por discordar do presidente Mário Pinguilim. Isso não é bom e pode afetar o time, que estava indo muito bem na competição.

Possibilidades
O Voltaço precisa vencer o Juventude para não depender de outros resultados, e ainda derrotar o São José, em Porto Alegre na última rodada, dia 25, às 18 horas. É difícil? Sim, porém, as chances de classificação são muitas e terá a oportunidade de chegar as quartas de final e obter a classificação para a semifinal, que já lhe dará a garantia do acesso à série B em 2020.

Classificação
O Juventude (RS) lidera o grupo do Volta Redonda com 27 pontos, e já está praticamente classificado. Logo atrás vem o Paysandu em segundo, com 27 pontos, depois de vencer o Luverdense, na quinta, 15 por 3×1. Jogando o voltaço para a 5° posição com 24 pontos. Seguem em 3° o Ypiranga e em 4° o São José ambos com 25 pontos. Ainda na briga pelo G4, aparece o Remo na sexta colocação, com 23 pontos. Isso antes das partidas de ontem, sexta, 16, contra o São José.

Sub-20
O time Sub-20 do Voltaço enfrenta o Botafogo neste sábado, às 15 horas, no Raulino de Oliveira, jogo válido pelo Torneio Otávio Pinto Guimarães. Os garotos do Volta Redonda já estão classificados para a próxima Copa Cidade de São Paulo. A entrada é franca.

Barra Mansa
Depois de duas vitórias seguidas, o Leão amargou uma derrota na terceira rodada no segundo turno, para o Rio São Paulo, por 3 a 0, e passou a ocupar a quarta colocação, com seis pontos. O líder é o Maricá, com 9 pontos. Amanhã, domingo, 18, às 15 horas, o Leão enfrenta o Arraial do Cabo, na Colônia Santo Antônio.

História
Essa o ex-vereador José Ivo tirou da coluna de Nilton Santos no jornal Correio Brasiliense: dá conta que Genuíno, um centroavante que na década de 1950 saiu do Madureira para o Vasco, andava tendo seguidas distensões, o que levou o médico de São Januário a mandá-lo a um dentista, desconfiado que algum foco estaria prejudicando a sua recuperação. Já no dentista, ao ser informado que certamente seria obrigado a extrair alguns dentes, Genuíno não se fez de rogado: “É pra já, dotô! Não precisa nem de anestesia, não”. Meteu a mão na boca e, para surpresa do dentista, colocou em cima da mesa, uma reluzente dentadura. É mole?

Bola Fora
Para o time do Voltaço, que desperdiçou a oportunidade de garantir sua classificação para as quartas de final da série C, ao empatar com o Remo em 0 a 0. Mais uma decepção para os 1.500 torcedores que foram até ao estádio para dar aquela força e saíram decepcionados com a pelada que viram.

Bola dentro
Para a campanha “Todos pelo Voltaço”, lançada pelo Conselho Deliberativo do clube para aumentar o número de sócios do Volta Redonda. Existem três planos: Torcedor de Aço – R$ 49,90; Torcedor de Ouro – R$ 29,90; e Torcedor de Prata – R$ 24,90. Em troca da mensalidade, os torcedores terão muitas vantagens, tais como entrar no estádio e ganhar descontos em lojas parceiras. Valeu!

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.