Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 23 de Abril de 2019
0
Publicado em 08/04/19, às 10:10

Bate-Bola Sergio Luiz

Este é o time da A.A. Juventus de Barra Mansa na década 40/50. Pertence ao Marinheiro, o maior acervo fotográfico do futebol de Barra Mansa.

Em pé, da esquerda para a direita: Oscarzinho, Hugo, Luiz, Fernando, Luiz Amaral e Toninho. Agachados: Ratinho, José Carlos Ferraz, José Carlos Sampaio, Bolivar e Newton.

Coisa de maluco
De acordo com o tresloucado regulamento do campeonato estadual, a semifinal que começa hoje, com o Fla x Flu, é o replay da semifinal da Taça Rio. O Fluminense, que ficou fora da decisão – mesmo eliminado pelo Flamengo – e o Bangu, eliminado pelo Vasco, voltaram a brigar pelo título. Isso depois que o Flamengo conquistou o título em cima dos vascaínos, na decisão por pênaltis.
O regulamento poderia simplesmente colocar frente a frente o Vasco, campeão da Taça Guanabara, e o Flamengo, campeão da Taça Rio, decidindo o título de campeão carioca de 2019. Entretanto, os gênios do futebol preferiram confundir ainda mais a cabeça do torcedor e determinaram, no regulamento, que houvesse mais uma semifinal, e com os mesmos clubes: Flamengo, Fluminense, Vasco e Bangu.
Assim, teremos hoje, sábado, 6, o Fla x Flu, às 19 horas, no Maracanã, e Vasco e Bangu, amanhã, domingo, 7, às 16 horas, também no Maraca. Flamengo e Vasco jogam por um empate. Os vencedores decidirão o título em dois jogos, sem vantagem para ninguém. Caso terminem empatados, a  decisão será nos pênaltis. O pior é que os cartolas pretendem manter esse regulamento para o estadual de 2020.
Fica a pergunta: por que não voltar ao modelo antigo, em que simplesmente os vencedores das Taças Guanabara e Rio decidiam o título? Seria mais correto, mais sério e mais honesto.  Enquanto isso, o campeonato carioca vai morrendo, deixando de ser o mais charmoso do Brasil. Parece piada! Tenho dito!

Amistosos
O Volta Redonda vai fazer dois amistosos: contra América e Portuguesa. É pouco, muito pouco, para que o técnico Toninho Andrade possa preparar melhor o time para o brasileiro da série C. Se tá difícil convencer outras equipes, que se treine contra a equipe do sub-20, que vem fazendo boa campanha no estadual da categoria.

Renovação
Faltando 21 dias para o início da série C, a diretoria do Voltaço só conseguiu renovar o contrato do meia Douglas Lima e do zagueiro Heitor. A estreia está marcada para o dia 27 ou 28 de abril, contra o Atlético-AC, no Raulino de Oliveira. Se quiser fazer bonito, que contrate alguns bons reforços. E, importante, sem cair no conto dos empresários.

Barra Mansa (I)
Um passarinho me contou que um empresário, cujo primeiro nome é Gilberto, estaria interessado em trazer um time – o dele – para defender as cores do Leão. E para isso teria pedido que o Barra Mansa pagasse o aluguel de uma casa, cinco refeições diárias, água e luz. Resumindo: o cara quer mesmo é colocar seus pupilos na vitrine.

Barra Mansa (II)
Por outro lado, o técnico Moreno está com muitas dificuldades para montar um time para estrear na série B2 do estadual. Sem dinheiro e sem campo, o clube terá que optar por alguns jogadores que ficaram e arrebanhar garotos da base.

Perguntar não ofende (I)
A segunda parcela relativa à participação do Barra Mansa, como clube formador, na venda do lateral Dalbert, para a Inter de Milão, caiu ou não caiu na conta do Leão? Há quem garanta que sim. Façam suas apostas.

Perguntar não ofende (II)
Quanto o Voltaço recebeu – ou vai receber – pela cessão de alguns jogadores do sub-20 que brilharam na Copinha? Responda quem souber.

Master 60
Começa hoje, sábado, 6, o campeonato de Futebol Master 60 da LDVR – Liga de Desportos de Volta Redonda. A primeira rodada marca rodada dupla no campo do Asa Negra. No primeiro jogo, Capitólio e Novo Mundo se enfrentam às 8 horas; e às 10 horas, FEA e Asa Negra fazem o segundo jogo. Outra partida será entre São Luiz e Tocantins, às 9h30min, no campo do Novo Mundo, na Sessenta. Vale a pena ver os craques do passado.

História
Quem mandou essa foi o meu amigo Marcelo Sabará. Conta que o saudoso João Saldanha, treinador do Botafogo, foi jogar no interior e havia um lateral esquerdo que, da orelha para baixo, era tudo canela. Sabendo disso e querendo preservar o saudoso Mané Garrincha, Saldanha usou uma estratégia inteligente. Mandou um emissário avisar ao sanguinário lateral que estava interessado em levá-lo para o Botafogo e que iria observá-lo naquela partida. Resultado: o figuraço, que só sabia dar butinada, tentou enfeitar o pavão e não fez uma falta sequer. Garrincha deitou o cabelo e fez três gols na partida. O lateral está esperando até hoje o chamado de João Saldanha para treinar no Botafogo. É mole?

Bola fora
Para a derrota do Flamengo para o Peñarol por 1 a 0, no Maracanã, diante de quase 70 mil torcedores. Abel precisa definir quem é titular e quem é reserva, pois se continuar com a indefinição, não vai agradar a ninguém.

Bola dentro
Para o sub-20 do Voltaço, que vem fazendo uma boa campanha no estadual da categoria. Vem de duas vitórias, diante de Fluminense e Portuguesa e uma derrota – para o Vasco. Tomara que repita a boa campanha da Copinha.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.