Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 26 de Março de 2019
0
Publicado em 18/02/19, às 08:48

Bate-bola Sergio Luiz

Homenagem

Póstuma aos 10 garotos que morreram na tragédia do Ninho do Urubu. Especialmente ao voltarredondense Arthur Vinícius, que completaria 15 anos no dia do seu sepultamento. Descanse em paz, garoto!

Sonhos interrompidos

Quem não se emocionou com a morte dos meninos do Flamengo? Acho que nem o mais duro dos corações pôde resistir à maneira como esses garotos morreram.   Mas, de quem é a culpa ou tudo não seria fruto de uma fatalidade? Pode ter sido, mas que foi provocada por desleixo, isso eu aposto. Sem contar a irresponsabilidade, a ganância e a falta de respeito de boa parte dos envolvidos.

Entendo que o Flamengo não pode ser crucificado e a entidade não pode – ou não deve – ser chamada de “assassino de crianças”. Mas seus dirigentes, sem dúvida, terão que responder pela tragédia e que os culpados sejam punidos. Não dá para aceitar que jovens jogadores sejam postos dentro de containeres, como se fossem mercadorias mal acondicionadas.

Deveriam ser tratados como joias preciosas a lapidar, tomando como exemplo os bem sucedidos casos de Vinicius, Felipe Viseu e Paquetá, que renderam montanhas de dólares a muitos dirigentes, que hoje choram a perda do investimento, como foi o caso do voltarredondense Arthur Vinicius, um craque com futuro.

Pra encerrar, deixo a pergunta: dessa grana preta que o Flamengo e os empresários ganharam com a venda dos famosos garotos, quanto foi destinado às divisões de base? Pelo visto, nada. E não me venham dizer que os containeres eram confortáveis, com ar condicionado etc. O fogo acabou com a tese e com a vida dos meninos.

História

Essa quem mandou foi o amigo Cabral, do Umuarama. Conta que, certa vez, foi jogar em Andrelândia (MG) e, na falta de um jogador, o colocaram na ponta esquerda. Com barriga avantajada, Cabral passou o jogo fazendo número na lateral do campo. Detalhe: estava com seu inseparável cantil, não de água, mas de cachaça, e foi obrigado a deixá-lo estrategicamente à beira do gramado. Vez por outra dava uma bicada, sempre observado pelo árbitro. Num certo momento, quando tomou mais um gole, o cidadão de preto o acompanhou, pegou o cantil e também deu um tapa na “cascavel”. Achando que estava agradando ao juiz, Cabral detonou: “E aí seu juiz, gostou?”. Imediatamente o árbitro devolveu: “Gostei, é da boa sim, mas você está expulso, fora!”. Cabral achou que foi uma injustiça a sua expulsão. E você, concorda?

Decisão

Vasco e Fla decidem amanhã, domingo, 17, o título da Taça Guanabara. Os cruzmaltinos eliminaram o Resende na quarta, 13, e o Fla eliminou o rival na noite de quinta, 14. Em caso de empate, a decisão vai para os pênaltis. O campeão estará classificado automaticamente para a semifinal do Carioca.

Perna de anão

A diretoria do Voltaço emitiu nota repudiando a atitude de Igor Gomes, um dos destaques do time Sub20. Influenciado por seus empresários, o garoto não se reapresentou depois da disputa da Copinha. Pior: conseguiram, através de carta à CBF, a desvinculação do atleta, que deverá ser negociado para o exterior, sem que o Voltaço receba um tostão na transação. Resta agora aos dirigentes, depois desta pernada, a esperança de receber pelo menos a parte de ‘clube formador’, conforme determina a Fifa. É o que dá confiar em certos empresários.

Vistoria

Diante da tragédia do Ninho do Urubu, os dirigentes do Voltaço resolveram verificar a documentação da concentração do clube, localizada na Avenida Ronald Jarbas, no São Lucas. Posso afirmar que é muito mais confortável do que os containeres do Ninho do Urubu. Só precisa de pequenas reformas.

Estreia

O Voltaço pega um fio desencapado na sexta, 22, às 16h30min, jogando contra o Resende, no Estádio do Trabalhador. O jogo marca a estreia do tricolor de aço na Taça Rio.

Fake

O prefeito Samuca Silva desmentiu que esteja querendo cobrar aluguel do estádio Raulino de Oliveira da diretoria do Volta Redonda. A propósito, existe uma Lei Municipal que proíbe a prefeitura de cobrar aluguel do Voltaço.  

 

Bola Fora

Para os dirigentes de todos os clubes e ainda às autoridades que, por irresponsabilidade e ganância, tratam os garotos das divisões de base como se fossem apenas uma mercadoria. Foi preciso uma tragédia para que todos corressem para a regularizar seus Centros de Treinamento. Vergonha nacional!

Bola dentro

Para Vasco e Flamengo, que vão disputar a final da Taça Guanabara. Que tenhamos um grande jogo, amanhã, domingo, 17, às 17 horas, no Maracanã. Tá valendo!

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.