Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018
0
Publicado em 26/11/18, às 08:23

Bate bola – Sergio Luiz

Esta é a seleção de Volta Redonda de 1954, com o uniforme da CSVR/CSN – Contabilidade Seccional de Volta Redonda. O acervo é do Vicente Melo.

Em pé, da esquerda para a direita: Murtha, Seta, General Silvio Raulino de Oliveira, Zé Coelho, Cardoso, Hélio Bigode e Lavecchia. Agachados: Pinha, Caludo, De Paula,Edir Cabeção e Leonel.

 

Novela global perde longe

A novela mexicana que se transformaram as eleições para a presidência do Voltaço ganhou dois capítulos. O primeiro foi a liminar concedida pelo juiz André Aiex Baptista Martins, da 6ª Vara Cível de Volta Redonda, na segunda, 19, suspendendo os dois editais publicados pelo presidente do Conselho Deliberativo do clube (um no sábado e o outro na segunda) convocando a Assembléia Geral para os dias 7 e 9 de dezembro. A liminar também autorizava o presidente Flávio Horta a convocar a Assembleia Geral de 2018 para o dia 8 de dezembro.

O segundo capítulo, que aumentou o suspense em torno da trama (ou seria drama?) foi que, para surpresa geral, o presidente do Conselho publicou um edital na terça, 20, de convocação para uma reunião extraordinária do órgão, marcada para a próxima quarta, 28, a ser realizada na sede da Aciap-VR. Na pauta: deliberação sobre assuntos pertinentes à presidência do clube.

O que nos leva a perguntar: o que seriam “assuntos pertinentes à presidência do clube?”. Seria tentar derrubar, mais uma vez, a liminar para anular as eleições marcadas para o dia 8 de dezembro? Ou estariam, a toque de caixa, formando uma terceira chapa para disputar as eleições? Como, até prova em contrário, continuo confiando nas pessoas, penso que podem estar buscando uma conciliação entre as chapas e selar a paz que o clube precisa. Para que isso dê certo é preciso, antes de mais nada, que deixem de lado o gerente de futebol Zada, que não é bem visto por integrantes das duas correntes.

No mais, é torcer para que o próximo capítulo do dramalhão mexicano seja o último. Ninguém aguenta mais tanta coisa ruim na telinha. Quem viver verá!

 

Apresentação

Sem saber se vai continuar mandando, a atual diretoria acertou a contratação do experiente técnico Toninho Andrade, que já esteve à frente do Voltaço em 2014, quando, em 25 jogos, obteve 10 vitórias, 7 empates e 8 derrotas. Ele foi apresentado na quarta, 21, juntamente com o seu preparador físico,  Paulo Fagundes.

 

Elenco

Dezesseis jogadores se apresentaram ao novo treinador, entre eles o goleiro Diego Marcelo e o atacante Núbio Flávio, que renovaram seus contratos. Veja quem mais: zagueiro Gilberto; goleiros Douglas Borges, Vinicius e Avelino; lateral-esquerdo Luiz Paulo; zagueiros Daniel Felipe, Roger e Paulo Vitor; volantes Bruno Barra, Biléu e Pablo; o meia Mauro Gabriel; e o atacante Fernandinho. O lateral direito Luís Gustavo e o volante Marcelo, que estão emprestados, retornarão após o término da Série B.

 

Reforços

O volante Dierson, que começou no Botafogo, poderá ser um dos reforços do Voltaço para 2019. Outro é o atacante Wandinho, do Serra Macaense. Resta saber se a chapa 1, caso ganhe as eleições, vai concordar com as contratações feitas.

 

História

A decisão do estadual entre Fluminense e Voltaço em 2005 teve muitas histórias. E até hoje se fala da Febre Amarela – caravana que saiu de Volta Redonda com mais de 200 ônibus e outros tantos carros particulares. Assim é que duas torcedoras, após o intervalo, vendo um goleiro se aquecendo, trocaram o seguinte diálogo: “Ué, por que o Lugão está aquecendo deste lado? Não tem que mudar?”. A outra: “É mesmo, ele deve estar esquecendo”. E, movidas por umas latinhas de cervejas, elas começaram a gritar: “Lugão, vai para o outro lado do campo, você já jogou deste lado”. Segundo tempo, bola rolando e as entendidas observaram que não era o goleiro do Voltaço que estava batendo bola e sim o goleiro Kleber, do Fluminense. As meninas ficaram frustradas com o mico passado em pleno Maracanã. Elas sabem de tudo!

 

Dispensados

Zada, gerente de futebol, afirmou que em 2019 os jogadores da base terão mais oportunidades no time principal. Contradizendo o dirigente, dois garotos em quem o clube apostava suas fichas foram dispensados. O atacante Gustavo, artilheiro do estadual sub 20 em 2016, com 20 gols; e o meia Luan Lúcio. Sem falar no zagueiro Gilberto, titular na campanha da série D em 2016, que, em plena campanha da série C deste ano, foi emprestado ao Perolas Negras, da terceira divisão do estado do Rio. É desse jeito que serão aproveitados?

 

VAR

O tão discutido VAR (árbitro de vídeo) deverá ser usado no Carioca de 2019. Pelo menos é o que pensam os dirigentes da Federação. Detalhe: apenas nos jogos das semifinais e finais dos turnos e na decisão do título.

 

Bola fora

Para a diretoria do Barra Mansa, que não fez nada no último dia 15 para comemorar os 110 anos de fundação do clube. E se não fosse por uma meia dúzia de apaixonados, que compraram um bolinho para cantar os parabéns ao Leão, a data passaria em branco. O Barra Mansa merece coisa melhor.

 

Bola dentro

Para o time do Palmeiras, que pode sagrar-se campeão brasileiro antecipado na partida de amanhã, domingo, 25. Só uma tragédia pode estragar a festa de Felipão & Cia. Valeu!

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.