Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Domingo, 16 de Dezembro de 2018
0
Publicado em 09/10/18, às 16:51

Bate bola – Sergio Luiz

Este é o time do DEA/CSN, vice-campeão do CIF (Campeonato Interdepartamental da CSN), em 1978. A foto foi tirada no campo da ETPC e pertence ao acervo do Wagner. Colaboração do Dário Novaes.

Em pé da esquerda para a direita: Almair (técnico), Nena, Marcio Pezão, Ricardo, Zé Raimundo, Ribeiro, Damião, Forró, Jorge e P.C. Agachados: Ronaldo(massagista), Foquinha, Edson, Vagner, Ronaldo, Paulo, Tonizinho, Pelé e Tião

Triste sina

Na segunda, 1º, o Conselho Deliberativo do Barra Mansa tomou importantes decisões, como a confirmação da saída do presidente Anderson Florentino Martins, afastado por determinação do Ministério Público por supostas irregularidades na sua eleição – em dezembro de 2017. Na oportunidade, ele foi eleito mesmo após sua chapa ter sido impugnada pelo Conselho, fato que ele driblou ao conseguir uma liminar judicial.                  

A decisão, é claro, deve ter sido influenciada pelo fato de Anderson Florentino estar sendo investigado por, supostamente, fazer parte da Máfia do Futebol, de manipulação de resultados, e ainda por um suposto desvio de parte do dinheiro destinado ao Barra Mansa na negociação do lateral Dalbert, do Nice, da França, para a Internazionale de Milão, como clube formador do atleta. Cerca de R$ 1,1milhão em duas parcelas.

Andrinho diz que é inocente e pediu um prazo de 20 dias para comprovar os gastos efetuados com o dinheiro que recebeu. Com o afastamento do presidente, o Conselho Deliberativo nomeou uma junta administrativa para gerenciar o clube até dezembro, quando haverá uma nova eleição. Foram escolhidos o empresário Mário Carvalho, o Pinguilim, para presidente, e o comerciante Ronaldo Lira, que já esteve à frente do Leão no período de 1998 a 2001. 

Na reunião o conselheiro e ex-jogador Canário sugeriu que seja feita uma auditoria nas contas das diretorias que passaram pelo clube nos últimos cinco anos. Já o conselheiro e ex-presidente Ricardo Rosas sugeriu que fosse desde o seu período, de 2009 a 2012. O presidente do Conselho, Silvio Francisco ficou de estudar as duas sugestões.

O difícil será achar alguém que queira assumir o Barra Mansa. Entre os prováveis aparece Thiago Campbell, que já comandou o clube interinamente.

Quanto a Andrinho, Ezequia Oliveira e Lincoln Aguiar, com certeza todos eles terão que se explicar na Justiça. E terão que arranjar uma boa desculpa para saírem desta situação. Quem viver verá!

 

História

Essa é do meu amigo Antônio dos Santos. Conta que, em Paulo de Frontin, havia um jogador apelidado de Jorge Curulina, avesso a correr em campo. Um tremendo chupa sangue. Certa vez, os outros jogadores arrancavam os cabelos porque Curulina não havia sequer suado a camisa. De repente, um ponteiro esquerdo, conhecido por Eloi Olho de Boi, recebeu uma bola no meio-campo e saiu driblando  todos. Depois de driblar cinco adversários, além do goleiro, rolou a bola para Curulina que, sozinho debaixo dos três paus, não teve trabalho para marcar. No auge da comemoração, o cara de pau correu de dedo em riste na direção de Olho de Boi e descaradamente mandou: “Viu, seu palhaço é assim que se faz”. Artilheiro é assim, né?

 

Guerreiras de Aço

Apesar das dificuldades, o time feminino da LDVR – Liga de Desportos de Volta Redonda estreou perdendo no estadual da categoria por 3 a 0 para a equipe do LRB/Bonitão de Rio Bonito, em jogo no CT do Aero. As Guerreiras de Aço folgam na segunda rodada e voltam a campo somente no dia 13, sábado, para enfrentar o LDRO/Cabofrio, também no CT do Aero. O time precisa de apoio para continuar na competição e quem puder ajudar deve procurar os dirigentes no CT.

 

Série C

Quem diria, hein? O Operário-PR sagrou-se campeão da série C e vai disputar a série B do brasileirão em 2019. O curioso é que o time paranaense conquistou também, em paralelo, o título da segunda divisão paranaense. e ascendeu a primeira divisão do estado em 2019. Para quem não sabe, o Operário era da chave do Voltaço e fez cabelo e bigode em 2018. 

 

Eleições

Um passarinho me contou que um grupo ligado ao prefeito Samuca, estaria negociando com pessoas ligadas à atual diretoria do Voltaço o apoio do Palácio 17 de Julho, nas eleições de dezembro para presidente do clube. Isso em troca de algumas vagas no Conselho Deliberativo. O vice de futebol Flávio Horta Júnior confirmou que pessoalmente não teria sido consultado, mas que alguém do grupo sim. Entretanto, o prefeito Samuca negou o fato e afirmou que recebeu sim, um pedido Horta Junior para uma audiência, mas que ainda não sabia do que se tratava. Vale lembrar que Horta Junior já tem o apoio do presidente de honra e ex-prefeito Neto. Acho pouco provável que as eleições juntariam os dois inimigos. A conferir

 

Bola dentro

Para os con-selheiros do Barra Mansa que resolve-ram assumir o comando do clube. Não se pode deixar um clube de tradição como o Leão ser maculado desta maneira nas páginas policiais. Valeu

 

Bola fora

Para esses dirigen-tes que jogaram o nome do Barra Mansa mais uma vez na lama. O pior é que muita coisa ainda está por vir. Lamentável!

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.