Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Quarta-Feira, 16 de Outubro de 2019
0
Publicado em 01/07/19, às 11:25

Agora sai!

Os barramansenses começam a contar nos dedos o tempo que falta para a conclusão do Pátio de Manobras, que já tinha virado até piada de botequim, pois pelo menos uns cinco prefeitos prometeram concluir a sonhada obra. E que comecem mesmo a contar. Na quarta, 26, o prefeito Rodrigo Drable esteve visitando as obras do Pátio de Manobras e gostou do que viu.

 

Acompanhado de membros da secretaria de Planejamento Urbano e representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e das empresas MRS e da VLI Logística, Rodrigo vistoriou um trecho importante, entre a área da Várzea do Quartel até o viaduto da Barbara. Durante a ação foi realizada a verificação e análise técnica da linha ferroviária, com o objetivo de levantar possíveis interferências que pudessem representar impasses para a continuidade para a obra.

 

O próximo passo é a finalização do termo de referência para a  licitação das obras de remanejamento das linhas férreas para o eixo central, da construção das avenidas, do estacionamento e da urbanização dos espaços remanescentes da ferrovia. “Esse projeto vai mudar todo o perfil de Barra Mansa, melhorando o fluxo de transito, disponibilizando mais vagas de estacionamento e aliviando os transtornos acarretados pelo tráfego do trem”, explicou o secretário de Planejamento Urbano, Eros dos Santos.

 

Além das ações que envolvem o Pátio de Manobras, a prefeitura tem se empenhado em solucionar as questões sociais dos moradores do entorno. Ao todo, 25 casas serão construídas no Campo Ferroviário e na Várzea do Quartel para compensar as desapropriações necessárias para a continuidade das obras. “O Pátio de Manobras é uma conquista importantíssima para a cidade. Através dele, Barra Mansa terá mais mobilidade urbana e verá o centro da cidade revitalizado e reurbanizado. É um ganho inestimável para o município”, reitera Rodrigo.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.