Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Quarta-Feira, 20 de Novembro de 2019
0
Publicado em 04/11/19, às 09:40

‘A vaca vai tossir’

Na edição passada, ao falar da entrevista de Samuca a Dário de Paula, o aQui chegou a dizer que o radialista teria cutucado o prefeito com a seguinte frase “Tem gente que acha que você não consegue terminar as obras do Santa Margarida e pôr a unidade para funcionar nem que a vaca tussa”. Pois bem, a vaca tossiu. “Vamos pôr quatro andares para funcionar a partir de janeiro”, anunciou o prefeito Samuca Silva, durante entrevista exclusiva concedida ao aQui na tarde de quinta, 31. “As obras dos quatro primeiros andares serão concluídas em dezembro. Em janeiro, vamos abrir as portas”, completou.

Bem humorado, Samuca convidou a reportagem para visitar a unidade, prometeu enviar algumas fotos do 4º andar, que já está pronto. “Está lindo”, disparou, contando ainda uma grande novidade que tem tudo para agradar aos servidores públicos de Volta Redonda. “O hospital terá uma Clínica do Servidor. Vai atender só a eles”, disse o prefeito, passando a detalhar o que vai funcionar andar por andar no futuro Hospital Santa Margarida:

“No primeiro andar teremos os ambulatórios, os laboratórios, a Clínica de Imagem e o CER (Centro Especial de Reabilitação). No 2º andar do Santa Margarida vai funcionar a Policlínica da Mulher, o setor administrativo do hospital e o almoxarifado. No terceiro andar teremos, como já disse, a Clínica do Servidor e um centro de reabilitação física. No quarto andar, que será o mais bonito de todos, vamos colocar 35 leitos de internação”, disse Samuca, lembrando que os investimentos em Saúde não vão parar. “Vamos receber R$ 20 milhões do governo do Estado e esse dinheiro será usado todo para melhorar ainda mais a Saúde em Volta Redonda”, ponderou.

Para quem não se lembra, o Hospital Santa Margarida, localizado em Niterói, estava fechado há anos por conta de uma briga entre os antigos donos. Foi a leilão, em dezembro de 2016, e a prefeitura de Volta Redonda o arrematou por algo em torno de R$ 11 milhões. O prédio, que está sendo todo reformado, tem nove andares. “Vai ser parte da história de Volta Redonda”, diz, todo orgulhoso. 

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.