Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Sábado, 25 de Novembro de 2017
0
Publicado em 07/11/17, às 09:31

A toda prova

28-09-2017- Gabinete do Prefeito - Fotos Evandro Freitas 7

Roberto Marinho

Em março, com apoio prometido da prefeitura de Volta Redonda, será disputada uma corrida para chamar a atenção da comunidade sobre um assunto sensível, e necessário: o combate à pedofilia. Batizada de Federal Kids, o evento tem como organizadores o Sindicato dos Delegados da Polícia Federal (do Estado do Rio de Janeiro, grifo nosso) e a Fundação Brasileira de Ciências Policiais (FBCP), além do seu slogan ser associado à Polícia Federal – Todos Juntos com a Polícia Federal no Combate à Pedofilia. Ou seja, uma corrida acima de qualquer suspeita. 

 

Mas alguns detalhes chamam atenção dos observadores. O primeiro é que os organizadores foram pedir apoio do prefeito Samuca Silva no seu gabinete do Palácio 17 de Julho, mas não teriam divulgado que a inscrição para a prova gira de R$ 95 (kit Federal Kids – para um adulto e uma criança) e R$ 175 (Kit Família VIP – para dois adultos e uma criança, com direito a um livro), como se pode ver no site oficial www.federalkids.com.br.

 

O preço vai assustar muita gente, afinal considerando que provas como a tradicional ‘Corrida da Paz’ de Volta Redonda são disputadas com inscrições gratuitas e ainda distribuem prêmios individuais de até R$ 1,5 mil. Tem atraído atletas de tudo que é canto. Sem contar que também é por uma causa nobre.

 

Outro detalhe é que o livro incluído no kit – uma compilação com a participação de vários delegados de polícia, com o título ‘Pedofilia: repressão aos crimes de violência sexual contra crianças e adolescentes’ – acaba saindo por R$ 40,00 a unidade no kit Vip (um adulto e uma criança, mais o livro, por R$ 135) e por R$ 30 no Kit Família VIP (dois adultos e uma criança, além do livro, R$ 175).

 

Tem mais. A destinação da renda das inscrições não é bem clara. Nem porque a venda do livro está associada à corrida, já que a publicação é técnica, voltada para estudantes de Direito, advogados e policiais, e a maioria do público da Federal Kids, supõe-se, é leiga.

 

Um dos responsáveis pela publicação é o delegado Clayton Bezerra, também organizador da corrida e presidente do Sindicato dos Delegados da Polícia Federal do Estado do Rio de Janeiro. Clayton esteve no gabinete com Samuca, acompanhado pelo delegado da Polícia Federal em Volta Redonda, Pedro Paulo Simão da Rocha, conversando sobre a Federal Kids com Samuca. O aQui tentou contato com ele pelo telefone da sede do sindicato e pelo telefone celular, mas não obteve resposta até o fechamento desta matéria.

 

O comando da Polícia Federal também foi procurado para falar a respeito, mas não obteve respostas. “Não vamos nos pronunciar”, disse a assessoria de imprensa da PF em Brasília, por telefone, à reportagem. “Mas vocês não sabem da realização do evento ou não apoiam?”, insiste o repórter. “Não disse isso, eu disse que não vamos nos pronunciar”, devolveu a assessoria da PF.

O fato é que a benção do prefeito Samuca foi dada e a corrida, até prova em contrário, deve mesmo ocorrer.

 

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.